A profecia dos Guerreiros do Arco-íris

Ocultismo, Religião Nenhum comentário em A profecia dos Guerreiros do Arco-íris

Guerreiro do Arco-íris

Havia uma senhora da tribo “Cree” nomeada “Olhos de Fogo” que profetizou que um dia, por causa do homem branco ou “Yo-ne-gis” (ganância), que chegaria um momento onde os peixes morreriam nos riachos, os pássaros cairiam do ar, as águas estariam escurecidas e as árvores já não existiriam mais, a humanidade como era conhecida deixaria de existir.

Haverá um tempo em que os “Guardiões da Lenda”, histórias, rituais culturais, mitos e todos os costumes tribais seriam necessários para restaurar a nossa saúde. Eles seriam chamados de os “Guerreiros do Arco-íris”. Haverá um tempo de despertar quando todos os povos de todas as tribos formariam um “Novo Mundo” de Justiça, Paz, Liberdade e reconhecimento do Grande Espírito.

Os “Guerreiros do Arco-íris” iriam espalhar essas mensagens e ensinar todos os povos da Terra ou “Elohi”, como era chamado o planeta pelas tribos. Eles iriam ensiná-los a viver o “Caminho do Grande Espírito”. Eles iriam mostrar à humanidade como a civilização de hoje afastou todos nós do “Grande Espírito” e é por isso que a nossa Terra é “doente”.

Os “Guerreiros do Arco-íris” mostrariam que esse “Antigo Ser” (o Grande Espírito) é cheio de amor e compreensão e os ensinaria a fazer a Terra bonita novamente. Estes guerreiros dariam à civilização princípios e regras para se seguir para fazer o seu caminho certo com o mundo. Tais princípios seriam aqueles das Tribos Antigas. Os “Guerreiros do Arco-íris” iriam ensinar ao povo dos quatro cantos da Terra as práticas anciãs de individualidade, amor, harmonia e compreensão.

O Grande Espírito

Como as Tribos Anciãs, eles ensinariam as pessoas a orar para o “Grande Espírito” com um amor que flui como o belo riacho de uma montanha que percorre o caminho para o oceano da vida. Mais uma vez, eles seriam capazes de sentir a alegria na solidão e em conselhos. Eles seriam livres de ciúmes e amariam toda a humanidade como irmãos, independentemente da cor, raça ou religião. Eles iriam sentir a felicidade entrar em seus corações assim sentindo-se parte de toda a existência humana. Seus corações seriam puros e irradiariam calor, compreensão e respeito por cada indivíduo da humanidade, natureza e o “Grande Espírito”. Assim eles enxeriam suas mentes, corações, almas e ações na maior pureza dos pensamentos. Eles procurariam a beleza do “Mestre da Vida” – o Grande Espírito, Assim encontrando força e beleza na oração e na solidão da vida.

Seus filhos, mais uma vez, seriam capazes de correrem livre e desfrutar dos tesouros da Natureza e da Mãe Terra. Livre dos temores de toxinas e destruição, provocada pelo “Yo-ne-gi” e suas práticas de ganância. Os rios voltariam a correr claros, as florestas voltariam a ser abundantes e bonitas, os animais e pássaros seriam repostos. Os poderes das plantas e dos animais voltariam a ser respeitados e a conservação de tudo aquilo que é bonito se tornaria um estilo de vida. Os pobres, doentes e necessitados seriam cuidados pelos irmãos e irmãs da Terra. Estas práticas voltariam a se tornar uma parte de suas vidas diárias.

Os líderes do povo seriam escolhidos à maneira antiga – não pelo seu partido político ou aquele que poderia falar mais alto, aqueles que possuíam a maioria ou por xingamentos ou “atirando lama”, mas por aquelas cujas ações falaram mais alto. Aqueles que demonstraram seu amor, sabedoria e coragem e aqueles que mostraram que eles poderiam fazer, e fazem, um trabalho para o bem de todos, seriam escolhidos como líderes ou chefes. Eles seriam escolhidos pela sua qualidade e não pela quantidade de riquezas que havia obtido. Como os atenciosos e dedicados antigos chefes, eles entenderiam o povo com amor e veriam que seus jovens foram educados com o amor e a sabedoria de seus arredores. Eles iram mostrar-lhes que os milagres podem ser realizados para curar este mundo de seus males e restaurá-lo para  a saúde e a beleza.

As tarefas destes Guerreiros do Arco-íris são muitas e grandes. Haverá terríveis montanhas de ignorância para conquistar e eles se encontrarão em um mundo de preconceito e ódio. Eles devem ser dedicados, inabaláveis em sua força e puros de coração. Eles encontrarão muitos corações e mentes dispostos que vão segui-los neste caminho de restaurar a Mãe Terra, a beleza e a abundância – mais uma vez.

Espírito Animal

Este dia chegará, não está muito longe. O dia em que veremos como devemos a nossa existência aos povos de todas as tribos que mantiveram a sua cultura e patrimônio. Aqueles que mantiveram os rituais, histórias, lendas e mitos vivos. Será com este conhecimento, o conhecimento que eles têm preservado, que vamos mais uma vez retornar à harmonia com a Natureza, a Mãe Terra e a humanidade. Será com este conhecimento que vamos encontrar a nossa chave para a sobrevivência.

Particularmente, eu espero que este dia chegue logo. Os valores estão todos mudados, as pessoas vivem de aparências e ideais tão ilusórios, que  não se reconhecem mais como parte de um todo, elas vivem dentro de uma “Matrix” criada pela própria sociedade. O amor ao próximo está cada vez mais raro, a ganância tomou conta até daqueles que são puros de coração, e o estilo de vida (estudos, trabalho, dinheiro, aquisições) para a conquista de uma vida feliz, não passa de uma distração que impede o desenvolvimento mental e espiritual de cada um.

Que venham, e venham com toda a força, Guerreiros do Arco-íris.

Comentários

O Desocultando é um agregador de conteudo singular que tem como principal objetivo centralizar e divulgar informações
relacionadas ao oculto, o sobrenatural, ciência, conspirações, contatos extraterrestes e mistérios em geral.


Desocultando | Aqui o oculto é revelado © 2016.


Back to Top