Wicca: Desmistificando a Bruxaria

Ocultismo, Religião Comentários desativados em Wicca: Desmistificando a Bruxaria

Você sabe o que é Wicca? Para quem não tem conhecimento, trata-se de uma ceita que pratica bruxaria, incluindo magia negra e sacrifício de animais, porém a realidade é bem diferente do que muitos pensam.

Os wiccanos se consideram bruxos e bruxas e, segundo eles mesmos, são um grupo incompreendido pela sociedade e pelas outras religiões. Existem várias crenças sobre a Wicca que estão muito desatualizadas ou são completamente falsas. Conheça mais profundamente o que é a Wicca e como funciona hoje em dia na sociedade.

 wicca-1

A origem da Magia na Wicca

Sua origem está no início do desenvolvimento humano da religião e pode ser encontrada em quase todos os sistemas religiosos históricos. Acredita-se que a wicca seja a religião mais antiga do mundo. Foram encontradas imagens icnográficas na arte rupestre do período paleolítico que representam o culto wicca, entre eles, “o pequeno feiticeiro” e “o grande feiticeiro” localizadas na caverna Trois Fréres, França.

Cada membro usa a magia com a intenção de entrar em contato com o divino dentro de si além de se associar as forças externas da natureza. Os adeptos da wicca não abordam a magia como algo relacionado ao universo sobrenatural, mas incompreendida pelas pessoas comuns.

O Código Moral é simples e benevolente: “sem prejudicar ninguém, realize a sua vontade“. Ou seja, você é livre para fazer o que quiser, contanto que, de forma alguma, prejudique alguém ou você mesmo. Existem algumas virtudes que devem estar presentes nos seus adeptos: “humildade, compaixão, poder, força, reverência, honra, alegria e beleza”. A natureza wicca se apoia na liberdade de sua consciência, nada rejeita do ser humano como pecaminoso ou intrinsecamente mau.

A Arte dos Sábios, como a wicca também é conhecida, é considerada uma religião de princípio monista, culto dualista, crença politeísta e faz parte do ressurgimento atual do movimento neopagão. Sua proposta é a harmonia e o respeito a todas as formas de vida. Assim, criou espaço para uma ecologia sagrada e o diálogo inter-religioso com outras formas de espiritualidade.

Quantos adeptos existem?

Acredita-se ter por volta de 800 mil adeptos nos Estados Unidos e Grã Bretanha. No Brasil, estima-se que existam 50 mil adeptos, cuja concentração reside em São Paulo e Brasília.

O que significa a palavra Wicca?

Wicca deriva de witchraft, ou “wiccian”, ou seja, bruxaria. Crê-se que o termo se consolidou com a publicação das obras de Aleister Crowley (1875-1947) e Gerald Gardner (1884-1964) entre 1930 e 1940. Houve uma popularização na década de 50 nos Estados Unidos e, em 1970, obteve grande impacto social junto à cultura hippie através de Alexander Sanders (1926-1988).

Em 1990, a wicca não era vista apenas como uma questão de crença, mas de envolvimento emocional em cerimônias celebratórias às forças da natureza, de uma moral positiva, além de ter como base o respeito pelo ser humano e o ambiente.

Baseada na força da natureza prega o amor fraterno e a harmonia, além do respeito por todas as formas de vida. Nos rituais da wicca, a divindade costuma manifestar-se sob a forma feminina, o que resultou na participação de um grande número de mulheres. Os conceitos de pecado ou culpa são vistos como uma interpretação errada das experiências de crescimento. O respeito e amor pela natureza como algo divino contribuiu para uma conscientização ecológica.

wicca-0

Como são chamados os adeptos?

Os seguidores da religião são chamados de wiccanos e wiccanas (ou bruxos e bruxas). Eles usam um ou mais nomes secretos (nomes de iniciação), considerados sagrados e conhecidos somente entre eles. Eles relutam em aceitar qualquer idéia sem uma investigação pessoal. Também existe a conscientização de que, se quiserem atingir qualquer um dos seus ideais, deverão praticar o que estudam.

Os Adeptos adoram o Diabo e praticam magia negra?

Claro que não. Eles não cultuam energias malévolas por não serem maniqueístas. Porém entendem a ação dos daimons (divindades, espíritos) que para muitos são consideradas como energias do mal.

Também não são anticristãos. Admiram Jesus Cristo e tem respeito por todas as vertentes religiosas. Não praticam qualquer forma de magia negra, não cultuam o diabo, Lúcifer, Satã, demônios ou qualquer entidade do mal.

Os wiccanos não seguem nenhuma bíblia. O que pode estar em questão é o “Livro das Sombras” (LdS) do qual muitos seguidores fazem por si mesmos. Alguns mestres podem até passar isso para os seus alunos, mas esse objeto pessoal serve como um livro de referências para os wiccanos, de acordo com o “Viver para Wicca”.

O LdS também é conhecido como o livro espelho ou um diário mágico, mais trata-se de um livro personalizado em que os wiccanos anotam informações e registros que eles achem úteis para praticar a fé. Isso não é obrigatório para os seguidores, mas quem deseja fazer escreve sobre os mitos, cerimônias, feitiços, rituais, registros de sonhos, entre outras coisas.

Graças à ignorância de muitas pessoas, os seguidores da Wicca são muitas vezes confundidos com os satanistas, mas a verdade é que os adeptos dessa religião não acreditam no demônio. Aliás, os conceitos do diabo e do inferno fazem parte da teologia cristã e nunca existiu na Wicca, de acordo com o livro “Crenças e Práticas da Wicca”.

Além disso, os wiccanos também não acreditam em um Deus único, todo poderoso, mas sim em vários deuses e deusas, segundo a “Wicca Essencial”. Assim, a prática é uma religião politeísta, entrando na mesma categoria que outras religiões, como o budismo e o hinduísmo. Portanto, wiccanos não adoram o diabo de forma alguma.

Os Wiccanos são do mal e sacrificam animais?

Foi graças a esses sentidos negativos sobre a palavra bruxaria que alguns adeptos da Wicca pararam de referir a si mesmos como bruxos e passaram a receber o nome de wiccanos, de acordo com o livro “Wicca de A a Z”. É bom que se saiba que a religião se opõe ao uso de magia prejudicial e desestimula as pessoas a ferir os outros fisicamente ou emocionalmente.

Aliás, já ouviu falar na “Lei Tríplice”? Essa é a diretriz ética que os wiccanos acreditam. Ou seja, tudo o que desejamos para outra pessoa, hora ou outra, retorna para nós mesmos três vezes mais forte. Portanto, a Wicca prega que devemos desejar sempre o bem para recebermos o mesmo. É o que diz o livro “Espiritualidade Wicca”.

Leve em consideração que a Wicca é considerada uma religião baseada na natureza. Dessa forma, os seus seguidores são incentivados a amar e respeitar todos os seres vivos. Os wiccanos fazem oferendas para os seus deuses escolhidos, sim, mas esses sacrifícios incluem pães, frutas, vinhos ou flores, segundo a “Bíblia da Wicca”.

“Nós bruxos amamos animais. Nós nunca prejudicaríamos ou mataríamos esses seres em nossos rituais e magias. Aliás, sacrifício de sangue de qualquer tipo é contra a nossa lei. Isso de olho de salamandra e pé de sapo é um absurdo inventado”, de acordo com “O Livro de Bolso da Wicca”.

Deusa_e_Deus

Os Deuses Wicca

A manifestação das divindades pode se apresentar tanto como masculina ou feminina. O princípio criador é feminino e dela foi criado o princípio masculino, que ao completá-la, deu-se a criação do Universo. O aspecto feminino, a deusa tríplice (virgem, mãe e anciã) representa a fertilidade, a criação, os poderes regeneradores da natureza e a sabedoria.

O deus chifrudo é o deus Cornífero, a deidade fálica e corresponde ao princípio masculino, a criatividade intelectual. Pode ser representado como um homem barbado, com os cascos e os chifres de um bode. Esse deus seria a contraparte masculina da imagem da deusa, também chamado de Cernunnos, Pã, Woden, etc. .

A Igreja Católica, numa tentativa de erradicar a adoração do antigo deus da fertilidade, transformou-o em seu símbolo do mal (diabo).

O que são os covens?

Muitos wiccanos trabalham em pequenos grupos chamados covens. Cada coven é dirigido por uma alta sacerdotisa ou alto sacerdote. Reúnem-se para adorar a deusa nos sabás e esbás. Os membros de um coven chamam-se coveners e o lugar de reunião, covenstead. Os que trabalham sozinhos são chamados bruxos solitários.

wicca-rituais

Como funcionam os seus rituais?

Basicamente, o círculo mágico é o mais importante a ser feito em todo ritual, pois sua característica principal é a de reunir o grupo com amor. É traçado com giz ou carvão cujo intuito é a proteção dos seus membros. Outros símbolos presentes são: o altar, o athame (faca, símbolo do falo do deus que contém marcas e símbolos), o caldeirão, o cálice (representando o graal), a espada cerimonial para traçar o círculo e a estrela de seis pontas.

Também estão presentes os incensos, o material cabalístico, o pentagrama (estrela de cinco pontas), o símbolo da Lua crescente, cheia e minguante (virgem, mãe e anciã; a representação de Sophia), as túnicas cerimoniais, a vara (varinha), a vassoura ritual e as velas.

Não faltam os cantos, a música, os colares, as tiaras, os braceletes, entre outros.

Os adeptos usam uma vestimenta ritual que inclui um cordão amarrado na cintura. A religião valoriza o corpo acima de tudo, pois é o depositário vivo de energias. Quando está desnudo simboliza o abandono da sua personalidade social.

A Importância do Pentagrama

Associado ao planeta Vênus, o pentagrama significa que o homem é o complemento simétrico da natureza. O adepto deve trazê-lo sempre junto a si, como símbolo de sua relação entre o reino visível e invisível dos quatro elementos.

Ressurgimento

Nas décadas de 20 e 30 a antropóloga e egiptóloga Margaret Murray (1863-1963) escreveu livros considerados fundamentais para a compreensão da religião wicca. Explicou que as mulheres acusadas de bruxaria, perseguidas e mortas na Idade Média eram adeptas ao culto wicca e não adoradoras do satanismo.

Nos anos 50 e 60 foi popularizada sendo considerada como um movimento da Nova Era, ganhando muitos adeptos nos Estados Unidos, Inglaterra e Austrália. No Brasil, os grupos surgiram na década de oitenta e 90, especialmente na cidade de São Paulo e Brasília.

Como são chamadas as tradições e seus elementos?

A religião wicca é formada por várias seitas ou “tradições” como a Gardneriana, Alexandrina, Diânica, Tânica, Georgiana, Tradicionalista Ética e outras. Acreditam na força dos quatro elementos “terra, fogo, ar e água” contidos na natureza que são evocados durante seus rituais.

Wicca é uma religião?

Claro que é, tanto que a Wicca foi reconhecida pelo governo dos Estados Unidos da América como uma religião oficial, contando até com feriados da religião que variam de estado para estado. De acordo com o Departamento de Educação de Nova Jersey, hoje em dia já são reconhecidos cerca de oito feriados wiccanos.

O wicca se baseia em ritos precisos de inspiração pagã e nos ciclos de força da natureza. Existem dois tipos de cerimônia: o Esbat relacionado às fases da Lua, cuja intenção é trazer um novo impulso para a consciência e os Sabás (dias sagrados).

Existem oito festivais celebrados durante o ano, entre eles está incluso o Mabon, feriado que marca o início do outono e é comemorado no dia 23 de outubro. Nesse dia, crianças wiccanas são dispensadas de frequentar a escola para a comemoração. Além desse, existem alguns outros, que são desconhecidos pela maioria da população, sendo eles:

* Yule (celebrado no solstício de inverno),
* Imbolc (2 de fevereiro),
* Ostara (equinócio da primavera em março),
* Beltane (1° de maio),
* Litha (solstício de verão),
* Lughnasadh (1° agosto),
* Mabon (23 de outubro – equinócio de outono),
* Samhain (celebrado no dia de halloween).

Como é possível ser um wiccan?

O primeiro passo se refere a “iniciação” que ocorre no momento em que o aspirante começa seus estudos. Depois, ele passará por uma iniciação propriamente dita. Após o período de aproximadamente um ano de estudos (onde adquiriu o conhecimento), já estará habituado a frequentar as cerimônias e a trocar experiências.

Cada iniciado tem seu nome secreto ou craft name. Após alguns anos, ele próprio será um sacerdote e iniciará outros wiccans, que formarão novos covens.

Alguns preferem estudar e praticar os ritos solitariamente.


Ficou Interessado ?

Você pode saber mais sobre o assunto e se aprofundar na cultura Wicca clicando aqui.


Comentários

O Desocultando é um agregador de conteudo singular que tem como principal objetivo centralizar e divulgar informações
relacionadas ao oculto, o sobrenatural, ciência, conspirações, contatos extraterrestes e mistérios em geral.


Desocultando | Aqui o oculto é revelado © 2016.


Back to Top